Processo de Avaliação Documental – palestra vibrante da Profª. da UNIRIO, Ana Celeste Indolfo

Compartilho com os ilustres Arquivistas, Arquivólogos, Arquivologista ou Arquivo Logistas, como preferirem, e todos os interessados no patrimônio documental e na invenção da memória, a minha imensa gratidão e grata surpresa ao participar como ouvinte da palestra sobre Avaliação Documental da Professora Ana Celeste Indolfo – foi tão esclarecedora e enriquecedora que, no meu olhar, assumiu o brilho de uma Aula Magna.

Para não me delongar, reputo como leitura obrigatória os slides da palestra por todos os profissionais da área de Arquivologia que não souberam ou não conseguiram vaga, haja vista que a palestra foi gratuita e os lugares do Auditório da FATEC estava lotado. A prof. Ana Celeste além de ser uma professora acadêmica, é historiadora de formação e arquivista por especialização. Ela fez carreira no Arquivo Nacional onde é responsável pela aprovação das listas de eliminação que devem ser enviadas pelos órgãos públicos para ciência e aprovação do AN, conforme legislação arquivística vigente.

Em síntese, nesta aula magna “celestial”, a professora revisitou o conceito de avaliação documental e sua relevância na construção do patrimônio documental e na invenção da memória coletiva. Ela apresentou uma revisão de literatura comparando correntes de pensamentos, clássicas e pós-modernas, acerca da avaliação documental e finalizou com uma viagem conceitual pelo campo da construção da memória. Que tipo de memória desejamos construir? Onde abordou diferentes visões de historiadores. E o axioma de que reside no processo de avaliação, no domínio de seu conhecimento e procedimentos controlados inseridos numa gestão documental eficiente o elo para uma eliminação de documentos segura e responsável, ao qual ela chamou de “a arte da destruição”. 

Abaixo, tomo a liberdade de socializar a informação – solicitando encarecidamente que respeitem a propriedade intelectual e usem apenas como fonte de referência de estudo individual, para outras finalidades peço a especial fineza de entrar em contato direto com a autora dos slides, a professora Ana Celeste Indolfo:

Através do Portal do Curso de Arquivologia da UFSM, a divisão dos módulos seguem os títulos dos slides:

1-    TESE DE DOUTORADO: PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE DOCUMENTOS NA CONSTITUIÇÃO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO

Módulo 1 – conjunto de 30 slides: As implicações do processo de avaliação de documentos na constituição do patrimônio histórico

2-    REVISÃO DE LITERATURA

Módulo 2 – conjunto de 18 slides: As correntes de pensamentos sobre a avaliação de documentos: dos clássicos aos pós-modernos

3-    A AVALIAÇÃO COMO UM ATO DE MEMÓRIA

Módulo 3 – conjunto de 18 slides:: A avaliação de documentos: a refinada arte de destruição

Ou em PDF, que pode ser baixado nos links abaixo:

Slide1: apresentacao_1_evento_na_ufsm  |  Slide2: apres_2_rev_lit_arq  |  Slide3: apres_3_aval_memoria_destruicao

Anúncios
Esse post foi publicado em PROCESSO DE AVALIAÇÃO DOCUMENTAL e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s